Arquivo de 'Notícias'



“Outro amor da tela, virou romance na vida real.”

O site ‘Entertainment Tonight’, afirmou que Chris e Melissa estão sim em um relacionamento. Mesmo com o fato de nenhum dos dois até o momento ter confirmado o namoro, confira a matéria:

O casal desembarcou em Vancouver na segunda-feira (19) – onde o show de super-heróis da CW acontece – mas foram vistos juntos, sorrindo e conversando enquanto caminhavam com seus cachorros no clima frio canadense.

Foto: AKM-GSI

Este é o primeiro relacionamento de Melissa após o divórcio do companheiro de Glee, Blake Jenner no ano passado.

As câmeras da ET estavam nos bastidores do crossover musical entre Supergirl e The Flash em fevereiro, onde Benoist e Wood pareciam muito confortáveis um com o outro. Na época Melissa confessou que a relação na tela era um dos destaques da segunda temporada.

“Quero dizer, o que eu tenho amado mais sobre isso é que nessa temporada Kara tem totalmente vindo sobre ela mesma e aprendendo como ser uma mulher,” disse a atriz de 28 anos. “Na temporada passada, ela aprendeu como ser a Supergirl. E, agora, ela tem estado mais como uma adulta e, obviamente, equilibrando o amor com tudo que vem com isso, então eu amo isso,” disse ela com entusiasmo. “Eu acho que é uma coisa realmente doce que ela está aprendendo sobre ela mesma.

“[Melissa e eu], encontramos esse bom lugar para que os personagens possam morar”, acrescentou Wood. “Foi simplesmente tão fácil de fazer e ela é tão generosa como atriz que ela simplesmente deixa rolando. Ela faz isso fácil.

Texto publicado por: Entertainment Tonight

Tradução e alterações: Chris Wood Brasil

Kara e Barry estão presos em uma terra dos sonhos musical no novo episódio de The Flash desta terça-feira — e somente as cameras da ET foram permitidas nos bastidores das cenas para conseguir uma “colher” das estrelas sobre os momentos mais dignos de êxtase do especial.

“Você vai encontrar alguma cantoria, há alguma dança, você pode ter adivinhado isso, e vai haver algum amor,” a estrela de Supergirl Chris Wood falou para as nossas câmeras mês passado quando estávamos no set em Vancouver. “É tudo sobre o amor, sério, e teatro musical.”

Então o que os fãs podem esperar quando a Garota de Aço, em particular, é colocada sob a canção do Music Meister (interpretado por Darren Criss de Glee)?

“Kara precisa trabalhar com algumas coisas que ela tem aprendido sobre Mon-El e eles não estão no melhor lugar quando o episódio começa,” Wood explicou. “E então ela meio que é enviada a esse esquisito apocalipse musical, mundo dos anos 40 e ela tem que tentar descobrir como sair.”
Para a sorte de Kara e Barry, existem dois amantes bastante preocupados que estão desesperados para acordá-los desse sonho-prisão, cheio de música. “Iris e Mon-El se juntam e eles estão como, ‘Nós amamos essas pessoas e eles não estão aqui. O que deveríamos fazer? Vamos ajudá-los!’ porque isso é uma grande coisa para fazer em musicais,” ele disse com uma risada.

A própria Supergirl, Melissa Benoist, confessou que o relacionamento florescente de Kara e Mon-El tem sido um dos pontos altos da segunda temporada. “Quero dizer, o que eu tenho amado mais sobre isso é que nessa temporada Kara tem totalmente vindo sobre ela mesma e aprendendo como ser uma mulher,” revelou Benoist.

“Na temporada passada, ela aprendeu como ser a Supergirl. E, agora, ela tem estado mais como uma adulta e, obviamente, equilibrando o amor com tudo que vem com isso, então eu amo isso,” disse ela com entusiasmo. “Eu acho que é uma coisa realmente doce que ela está aprendendo sobre ela mesma.”

“[Melissa e eu], encontramos esse bom lugar para que os personagens possam morar”, adicionou Wood. “Foi simplesmente tão fácil de fazer e ela é tão generosa como atriz que ela simplesmente deixa rolando. Ela faz isso fácil.”

Quando perguntamos à Benoist se ela pessoalmente é uma fã de Kara e Mon-El como casal, a atriz foi docemente recatada com a sua resposta. “Eu sou fã da Kara sendo feliz,” ela sorriu.

Wood, por outro lado, sentiu um pouco mais de orgulho da sua apreciação pela conexão de Karamel na tela. “Como você não pode? É um delicioso deleite que vai em tudo,” ele brincou antes de completar que Karamel “possa ser” o melhor nome de shipp atualmente na TV.

De fato, nós da ET temos até inventado um novo termo para esse casal extraterrestre: OTA – aka one true alien (algo como um verdadeiro alien, em referência à expressão OTP: one true pairing). “Isso é ótimo!” exclamou Wood aprovando através de um ataque de risos.Bate aqui! OTA.”

Entrevista publicada pela Entertainment Tonight.

Tradução e adaptação: Chris Wood Brasil. (não repasse sem os devidos créditos)

 

Mais um rosto familiar está retornando para The Vampire Diaries em sua temporada final – só que este não é bem amigável como os outros.

Na segunda-feira a CW liberou uma quantidade de fotos do episódio de 17 de fevereiro, exibindo ninguém menos que o vilão da sexta temporada Chris Wood, Kai Parker.

Com a volta oficial de Nina Dobrev em 10 de março para a ‘series finale’, eu sei o que todos vocês estão se perguntando: Irá Kai desfazer a maldição do sono que ele colocou em Elena? Infelizmente, o seu palpite é tão bom quanto o meu.

De acordo com a sinopse oficial do episódio, “Damon e Alaric ficam cara a cara com um velho inimigo depois de conseguirem uma arma que pode ser capaz de destruir Cade.” (Um “velho inimigo,” huh? Soa como uma descrição apropriada do Kai para mim!)

Como foi revelado anteriormente (principalmente via mídias sociais), Wood se junta aos colegas de regresso David Anders, Kayla Ewell, Michael Trevino e Steven R. McQueen.

Matéria divulgada por: TV Line.

Tradução e adaptação feita por: Chris Wood Brasil, não reproduza sem os devidos créditos!

No quinto episódio da segunda temporada, intitulado “Crossfire”, podemos ver a Supergirl enfrentando novos desafios, confira a sinopse do episódio:

SUPERGIRL ENFRENTA UMA NOVA GANGUE – Supergirl (Melissa Benoist) deve enfrentar um novo grupo cruel que está armado com uma nova e perigosa tecnologia alienígena. Quando Cadmus envia um vídeo para a DEO, a equipe logo percebe que a organização é a responsável por enviar os criminosos em uma missão secreta. Enquanto isso, Kara (Melissa Benoist) recebe Mon-El (Chris Wood) como estagiário na CATCO, James toma uma decisão importante e Lena (Katie McGrath) convida Kara para assistir a um de seus eventos de arrecadação de fundos.

Confira o trailer do episódio:

Veja também as stills do episódio em nossa galeria:

Basta clicar >> aqui <<

A data de exibição original será na segunda-feira, dia 07 de novembro, pela CW nos Estados Unidos.

 

Após desculpar-se com Mon-El por culpá-lo pelo ataque à POTUS, devido ao fato de ele ser de Daxam, planeta rival de Krypton, Kara decide ajudar Mon-El e ensiná-lo a usar seus poderes. Porém, eles enfrentarão vários problemas antes de Mon-El estar pronto, devido ao preconceito de ambos e a personalidade egoísta de Mon-El. A Entertainment Weekly falou com o Chris para saber mais detalhes do seu personagem, confira a entrevista completa:

Entertainment Weekly: Antes do início da temporada, Andrew Kreisberg disse que ter Mon-El na Terra daria a Kara a chance de cumprir sua missão original de treinar alguém já que Clark já estava totalmente crescido no momento em que ela chegou à Terra. Então, como será a relação de Kara e Mon-El daqui em diante?

Para começar, vimos no episódio da semana passada que eles têm muitas diferenças por causa de onde eles são, e isso é realmente um grande problema para os dois porque seus planetas realmente se odiavam. É colocar essas duas pessoas totalmente opostas e dizer: “Ei, se dê bem, apesar de você ter uma longa história de guerra e odiar uns aos outros.” Há alguma discriminação em ambas as partes e uma certa hostilidade profunda que eles só sentem porque ela sabe que ele é de Daxam e ele sabe que ela é de Krypton. Ambos pelo menos reconhecem que: Ela admite que ela estava tendenciosa contra ele por causa disso no final do episódio 2×03. No episódio 2×04, você vê ela tentando guiá-lo e orientá-lo, mas seu preconceito ainda está em jogo um pouco, e eles precisam ver que muito desse preconceito vem de um lugar que não é baseado em qualquer fato real, mas com base em apenas uma história de conflito e isso não significa que eles são pessoas más porque são de planetas diferentes.

Entertainment Weekly: Como eles lidam com esse preconceito?

Bem, há aquele bom momento quando ele diz: “Vocês são todos altos e poderosos, e vocês nos atacaram sem qualquer provocação.” Ela responde: “Nós atacamos vocês?” Você pode ver que há mal-entendidos porque eles são de lugares que estão dizendo a cada um deles para acreditar que o outro é o problema, que é tão semelhante ao conflito no mundo real com as guerras. É muitas vezes mal-entendidos que são levados ao grau elevado. Acho que ele está mais prontamente aberto a aceitá-la como um Kryptoniano do que ela é no início. Ele meio que a chama no próximo episódio algumas vezes, e ela não vê isso em si mesma no começo. Ela não acha que é por isso que ela está frustrada com ele e não acha que é por isso que ela não tolera sua curva de aprendizado. Eles finalmente vão avançar e tornar-se amigáveis uns com os outros e aprender a encontrar a sua versão de confiança, mesmo que eles são desses lugares muito, muito diferentes.

Entertainment Weekly: Existe um incidente específico ou um inimigo que os ajuda a alcançar esse lugar de confiança?

Neste próximo episódio, começamos a ver um pouco da história de Mon-El e como ele veio para a Terra e sua jornada em Daxam. Vemos também algumas de suas habilidades exploradas onde Winn [Jeremy Jordan] no DEO é uma espécie de atribuído para testar os poderes de Mon-El e ver o que ele pode fazer, porque eles precisam descobrir o quão perigoso ele é ou quanto ativo ele pode ser antes mesmo de pensar em tentar mandá-lo para fora. Nem todos os alienígenas são algum tipo de super-herói e esse cara tem um pouco de egoísmo. Ele está acostumado a festas e viver a vida ao máximo e não pensar tanto nos outros. É uma grande mudança que ele tem com alguém dizendo: “Não, não, você precisa ser responsável. Você precisa ter cuidado com seus poderes. Você precisa usá-los de uma forma positiva. “Ele é tipo,” Isso é ótimo. Posso atravessar paredes e pular edifícios. Eles estão dizendo: “Não, isso é perigoso e você precisa manter isso sob controle”. Isso começa a ser explorado no episódio 2×04.

Entertainment Weekly: J’onn (David Harewood) é muito cauteloso com outros alienígenas na Terra. Como ele lida com Mon-El em torno do DEO? Há tensão lá?

Eu acho que o que é realmente brilhante e interessante é que eles mostraram que J’onn nem sequer confiava completamente em Kara e Clark (Tyler Hoechlin) e ele estava mantendo Kryptonita a bordo – para não dizer que não confiava neles, mas queria ter certeza de que eles estavam preparados para qualquer coisa. Essa é uma dinâmica muito interessante para jogar lá para eles. Ele é definitivamente cauteloso de apenas permitir que qualquer um que aparece na Terra com super habilidades vá parar na instalação. No início, é uma questão de deixá-lo sair: você pode confiar nele na rua para não fazer escolhas perigosas e não colocar as pessoas em risco? É um jeito de dizer-lhe que ele precisa ficar lá e trabalhar com o que ele pode fazer e não pode fazer até eles o deixarem sair. Isso não é necessariamente a coisa mais fácil para Mon-El, que é apenas super empolgado para estar na Terra e quer verificá-la. Indo para a frente nos episódios, há um monte de momentos ‘peixe fora de água’ para este novo cara de descobrir quem ele é e pra que ele serve.

Entertainment Weekly: Como os outros personagens tratam Mon-El assim que o conhecem?

Kara o mantem sob sua “asa” o que também resulta em todos em sua vida confiando que ela tem razão porque todos eles têm tanto respeito por ela e o que ela faz. Então, Mon-El acaba passando tempo com cada uma dessas pessoas – Alex (Chyler Leigh), Winn, J’onn e toda a equipe, realmente – porque ela está meio que mantendo ele por perto trabalhando nele como seu projeto. Assim, ele, como um pequeno estranho, é trazido para esse grupo e veremos com os episódios que continuam chegando até o quão perto ele fica com eles e se ele se conecta com qualquer um deles.

Entertainment Weekly: Nos quadrinhos, a fraqueza de Mon-El é o chumbo, não a Kryptonita. Será que vamos ver esse aspecto do personagem incorporado a série nesta temporada?

Yeah, há um monte de coisas do quadrinho para este personagem que eles tomaram literalmente e algumas coisas da história de quadrinhos que eles tomaram e expandiram e outras partes que eles deixaram de fora para manter o personagem progredindo. Obviamente, a principal é uma grande coisa nos quadrinhos e eu vou estar interessado em ver como eles lidam com isso, como a história avança e se eles vão integrá-lo. Mas, nesta versão do personagem, eles tomaram a inspiração do livro de quadrinhos e, em seguida, adicionaram uma camada inteira de dimensão e fez ele viver no lado mais leve, enquanto Mon-El nos quadrinhos é uma espécie de cara fechado. Sua personalidade é grave [nos quadrinhos] e nesta versão do personagem, nós o encontramos pela primeira vez, realmente, neste próximo episódio, porque ele estava em tal estado de agitação e em luta ou fuga em que uma vez que atingimos 2×04, começamos a ver sua personalidade real, que é um pouco menos grave.

Entertainment Weekly: Nos quadrinhos de Invasão original, Daxam fazia parte da coalizão alienígena liderada pelo Dominador, invadindo a Terra para eliminar a crescente ameaça meta-humana. É apenas uma coincidência que Mon-El chega na Terra logo antes que os heróis lutem contra os Dominators no cruzamento de quatro vias?

Eu não sei. Eu não sei o que o futuro da temporada mantém e eu realmente não sei onde eles estão indo com o enredo Dominator, mas estou tão animado quanto você para descobrir.

 

Fonte: Entertainment Weekly.

Tradução e adaptação: Chris Wood Brasil.

12